A Vulcain conquistou seu título mais nobre em meados do século 20. Em 1947, a “Fabrique de Montres Vulcain” apresentou o primeiro relógio de pulso com alarme genuinamente operacional. A ideia de incorporar um alarme em cada relógio não era inteiramente nova. Mas até então nenhum relojoeiro havia conseguido desenvolver um mecanismo de tamanho padrão capaz de produzir um som suficientemente forte para despertar o proprietário do relógio. Tendo aceito esse desafio, Robert Ditisheim recorreu aos talentos dos melhores relojoeiros e engenheiros. Depois de cinco anos de pesquisa e desenvolvimento, ele apresentou o célebre calibre Cricket mecânico de corda manual, equipado com dois tambores, um para o movimento e outro para o alarme, que emite um som estridente que lembra a guizalhada aguda de um grilo – daí o seu nome.